Voltando???

March 6, 2010

Então… pelo que eu percebi não escrevo nesse blog há mais de 2 anos!!!! Na verdade resolvi abandoná-lo, mas como ele apareceu no meu email resolvi escrever só por hoje….

Reli meu primeiro post…. continuo com vontade de ter um blog, mas nesse aqui prefiro permanecer anônima. Sei lá, por mais que eu não me exponha muito eu acabo falando coisas demais de alguma forma. Talvez prefira o anonimato devido a minha velha dificuldade de me expor.

Mas… reler algo escrito há 2 anos atrás mas que parece tão recente na minha vida chega a ser estranho.

Já vi que estou com sono e sem inspiração para escrever. Só quero dizer que vejo como Deus é bom e paciente conosco e como eu e todos nós precisamos Dele. Olhando para mim mesma percebo como erro tanto e tanto, nos menores atos…. precisamos nos reavaliar a cada dia… nossas fraquezas são tantas…. e Ele tem tanta paciência.

E… por enquanto é isso! Quem sabe eu me animo de voltar a escrever e até mesmo divulgar o meu blog por aí…

2008

January 8, 2008

Primeiro post do ano. 5 da manhã. Eu e essa minha mania de virar noites nas férias…. aiaiai…. Bom, soh vim aqui tirar um pouco da poeira e colocar coisinhas novas.

Estou viciada em myspace e em conhecer bandas novas. Toooo god!

Acho que esse ano vai ser realmente diferente. Espero que sim!

Casa da Matriz.

December 30, 2007

Em BOtafogo, no Rio de Janeiro. Hoje estive lá. E em meio à música boa e pessoas tão diferentes…. vi trevas. Vi jovens clamando por socorro. Vi angústia. Vi a cegueira da juventude carioca. E eu ali. Sentada, só observando. Só vendo. Só.

Eu bem que deveria ser mais corajosa. Deveria. Eu conheço a verdade, a verdade traz liberdade. Os jovens precisam ser libertos pela verdade e se ficarmos apenas observando, como conhecerão a verdade?? Como verão a luz???

E quando Deus fala….

December 21, 2007

Ele fala! E não tem hora pra falar. Fala quando tem que falar. São 5 da manhã e aqui estou porque Ele falou comigo. E como eu precisava! E como a voz Dele é doce! Quão agradrável aroma, melhor que o perfume de todas as rosas. Que presença sublime e santa e inigualável, irresistível, incomparável, melhor e mais bonito do que tudo o que há nesse mundo. Não há nada comparável à presença do Pai, não há nada melhor que saber que Ele existe, está vivo, é real, é visível, palpável. É  Pai que acolhe aos filhinhos no momento de angústia intensa e responde ao clamor. É Pai que não pode ver o filho sofrer…. É Pai que perdoa, perdoa, perdoa, perdoa…. aaaaah, não merecemos tanto amor…. não merecemos, somos indignos, somos impuros, infiéis! Mas somos justificados pelo sangue do Cordeiro. Quanto amor, impossível entender tanto amor… impossível retribuir….

Tu és digno do melhor louvor, da mais intensa adoração, da maior dedicação…. o que seria da humanidade sem Ti? Ah Pai, ensina-me a ser um pouco mais parecida contigo…. ensina-me a ser fiel, ensina-me a amar, envolve-me com a Tua santidade, abra meus olhos e ouvidos, limpa a minha mente…..

Renova-me Senhor Jesus

Já não quero ser igual

Renova-me Senhor Jesus

Põe em mim Teu coração

Porque tudo o que há dentro de mim

Necessita ser mudado Senhor

Porque tudo o que há dentro do meu coração

Necessita Mais de Ti

Desabafo

December 18, 2007

Queria escrever mais bonito. Queria expressar melhor meu sentimento em palavras. Quem sabe assim a dor não extravasaria com mais facilidade?? Queria conseguir vomitar o que me incomoda. Seria mais confortável viver assim. Pelo menos eu acho.

Preciso desesperadamente e profundamente, da forma mais inexpressável possível, de Deus. É algo latente, sufocante, totalmente humano. Já errei tanto tanto com meu Pai, tenho medo de não conseguir encontrá-lo da forma que necessito. Mas se Ele está ao meu lado… se a presença Dele é palpável… e maravilhosa… porque às vezes é tão difícil??? Queria entender mais e conhecer mais ao reino… para isso preciso buscar mais ao reino… mas sei lá, não sei, não sei, não sei mesmo. De repentemente, pode atér ser que eu saiba. Sei lá. Me sinto tão covarde, tão estúpida, tão indigna. Indigna da graça, da presença, do amor dele. Queria acertar um pouquinho mais. Queria que as coisas fossem mais fáceis, só um pouquinho. Queria ser artista e poeta e ter alma de artista e poeta. Queria ser. Não sei quem sou nem o que quero ser. E enquanto isso, vivo. E escolho caminhos para trilhar…. nem todos tem volta, né? Poderiam ter. Aí se errássemos, a dor não seria tão grande. A lágrima não seria tão espessa. O nó não estaria tão entalado.

Talvez só esteja dizendo palavras sem sentindo que encaixadas umas nas outras acabam produzindo algum tipo de efeito. Não importa. Nada importa. Nada importa. Não importa nada.

Sentimentos ruins deveriam ser passageiros. Deveriam voar para bem longe tão logo pousassem em nosso peito. Mas eles teimam em não só pousar, como em fincarem raízes produzindo marcas e muita dor. Não deveria doer tanto. Não deveria ser tão triste. Nem tão intenso. Ah, se não existissem!

Bom, nada faz sentido. E a dor continua. Meu Pai, me ajuda. Me socorre e me ajuda a viver melhor nesse mundinho louco… Sabe, me sinto tão confusa e perdida, tanto tanto… tenho tanto medo, tantas inseguranças e tantas imperfeições. Quero paz. Preciso de paz. Não quero viver no engano. Não quero estar me enganando. Quero viver a tal vida abundante que eu já ouvi tanto falar. Quero saber como ela é!!! Quero encontrar a pérola!!! Ainda não encontrei, mas preciso encontrar. É impossível viver sem conhecer a vida verdadeira que está em Ti. Quero vida!!! Não quero morte, não quero engano, não quero religiosidade. Quero simplicidade. Tu és tão simples…. se nós não fôssemos tão complicados e teimosos as coisas seriam mais fáceis. Acho que seriam. Não quero complicar nada. Quero simplesmente viver, sentir que estou viva!! Sentir a verdadeira alegria, a verdadeira paz, o verdadeiro amor. E tudo isso, só há em Ti. Toda a angústia é resultado de coisas que não vem de Ti. Porque Tu és meu Pai, e só tem o melhor para me dar…. mas como não aprendo no amor… vou ter que passar pela dor…. espero que eu aprenda. Sei que estás aqui, sei que estás me ouvindo. Ajuda-me a achar a pérola. Eu quero a pérola.

Irritada

December 18, 2007

Irritada.      Irritada.                Irritada.

E o erro foi meu. Só meu. Foi a não-lembrança. A distração.

Às vezes o aparentemente pequeno tem um incrível poder de nos afetar.

Irritada.

December 6, 2007

Coisas que detesto: hipocrisia, religiosidade e arrogância. E infelizmente às vezes me pego caindo em uma dessas…. triste é quem faz isso o tempo todo e não enxerga.

“Se eu disser que não tenho pecado engano a mim mesmo”….

Tempo!

December 4, 2007

“Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu: há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou; tempo de matar e tempo de curar; tempo de derribar e tempo de edificar; tempo de chorar e tempo de rir; tempo de prantear e tempo de saltar de alegria; tempo de espalhar pedras e tempo de ajustar pedras; tempo de abraçar e tempo de afastar-se de abraçar; tempo de buscar e tempo de perder; tempo de guardar e tempo de deitar fora; tempo de rasgar e tempo de coser; tempo de estar calado e tempo de falar; tempo de amar e tempo de aborrecer; tempo de guerra e tempo de paz.” Eclesiastes 3:1-8

“o tempo perguntou para o tempo quanto tempo o tempo tem. O tempo respondeu para o tempo que o tempo tem tanto tempo que não se sabe quanto tempo o tempo tem.” Coisas de criança

“Às vezes, parece tão longe
Eu digo: Alô!
Mas ninguém responde
Eu entro no meu quarto
Eu fecho a porta
Mas parece que o céu
Está de bronze
Eu digo:
Deus, o que será que aconteceu?
Mas o Teu silêncio é…
Pra me fazer crescer
E entender que Deus tem…
Seu tempo,
Seu jeito,
Seu reino,
E eu apenas servo sou…” Kleber Lucas – Tempo de Deus

Aaaaah…. o tempo….

20 anos! E a vida e o tempo me trouxeram até aqui. E o tempo me fez crescer, amadurecer. E o meu entendimento de que as coisas devem acontecer de acordo com o tempo de Deus (não o meu tempo!)…. me trouxeram até aqui.

“Eu apenas serva sou!”

A história do Salmão

November 28, 2007

Eis o meu blog. Enfim, aos 20 anos (perto dos 21), eis o meu blog! Sempre quis fazê-lo, mas dele sempre fugi. Por um simples medo, bobo medo! Medo de me expressar em palavras, medo de me revelar. Nem que fosse para revelar-me somente a mim mesma. Porque ter um blog não é sinônimo de divulgar o tal blog. Não sei se irei divulgá-lo ainda, mas enfim… Ei-lô!

E porquê salmão??? Bom, alguns podem pensar em um “salmo grande”, do livro de Salmos… ou pensar no mais lógico mesmo, o peixe salmão… e outros podem pensar na cor salmão. Alguns podem não se ligar que existe um til na palavra… mas enfim.

Coloco aqui trechos do wikipedia  sobre o salmão ( o peixe!):

“O salmão do Oceano Atlântico volta do mar à água doce para reproduzir, quase sempre ao mesmo rio em que nasceu. À medida que se aproxima a época da procriação, a cabeça do macho muda de forma, alongando e curvando a mandíbula inferior em forma de gancho e a carne ganha uma coloração esbranquiçada”

A questão é simples: quando o salmão vai se reproduzir, ele sai do mar e volta ao rio de sua origem. Isso quer dizer que ele nada contra a correnteza! Certamente não é facil subir um rio indo contra a corrente deste. O salmão muito se esforça para conseguir voltar ao rio, mas ele precisa fazer isso para manter a sobrevivência da sua espécie. É preciso ir contra a corrente. Não é fácil nadar contra a corrente. Não é fácil! Mas é necessário. E ele deve ter forças até o fim, pois mesmo quando consegue sair do mar e alcançar o rio, se não continuar nadando com muito empenho…. pode acabar sendo levado pela correnteza, e todo o seu esforço terá sido em vão.

Quero ser como um salmão. Nadar contra a corrente, contra o que dita o mundo, a moda, a mídia, as pessoas… mas…. não é fácil. Ter personalidade é acima de tudo ser um forte. Fazer o que se acredita que se deve fazer, agir da maneira que se acredita ser a melhor. Mas a correnteza que nos leva a ser como a massa é forte demais! Se por pouco tempo me distrair… me verei sendo levada pela correnteza e assim, estarei perdendo tempo.

Creio que assim deve ser a vida de um cristão. Como um salmão… dizer não ao mundo é nadar contra a correnteza. Crucificar a carne é nadar contra a correnteza. Ter um namoro santo é nadar contra a correnteza! E por aí vai….

Que possamos aprender com o salmão!

=D

November 28, 2007

olá!